10 de fevereiro de 2014

GUIdance 2014

http://www.ccvf.pt
http://www.guimaraesturismo.com/
2014/02/14
Plataforma das Artes e da Creatividade - BlackBox
Avª Conde Margaride, nº 175
4810-535 Guimarães
 
 
+ 351 253 424 700
http://www.ccvf.pt
19h30
 
 
O que fica do que passa é um jogo impressionista intimista e intenso. Cor que é feita de sombras e de outras luzes. Na total escuridão, o som propaga cada um dos pontos em que me revejo, numa energia de átomos em “passeio aleatório”. Desvelam-me, por fim. A tela que se abre deixa atrás de mim uma marca de perenidade. E eu, boquiaberto, reconfiguro-me no tempo e no espaço. A minha boca é grito, desespero, sufoco, canto silencioso cuja tessitura é tão grande como a memória que transporto. O que fica do que passa questiona a forma como nos relacionamos com a memória. De memória como sensação. Uma dança onde o que vemos é o que provém de nós próprios. Do escuro, apenas impressões

TIMBRADO ESPANHOL