2 de agosto de 2014

El arte de vivir el Flamenco





Hortência -A espécie Hydrangea macrophylla é cultivada desde tempos remotos como planta ornamental no Japão: A partir de meados do século XIX a sua cultura estendeu-se à generalidade das regiões de clima temperado. Estão em cultura mais de 600 cultivares para jardim, com hábitos muito diversos e flores de diferentes cores. Em resultado da dependência da coloração em relação à acidez do solo, é possível determinar parcialmente a cor das flores pela adição de compostos que alterem o pH do solo. A adição cuidadosa de carbonato de sódio ao solo permite produzir floração multicolor.
Em climas onde a H. macrophylla floresce no exterior, a espécie é utilizada para a constituição de sebes e para criar contrastes em intervenções de paisagismo. A sua folhagem rica e de grande tamanho é um excelente fundo para realçar canteiros de flores brancas ou de cores claras, mesmo de espécies perenes ou anuais altas. Em climas quentesH. macrophylla é utilizada para adicionar um toque de cor no início do verão em áreas com sombra, particularmente em jardins florestados. É recomendada um poda mínima para tornar a floração mais prolífica. As flores são facilmente secas ao ar e são duradouras, pelo que são utilizadas como flores secas em decoração de interiores.
As variedades mais populares de Hydrangea macrophyllasão as seguintes
  • 'Beaute Vendomoise' (giant lacecap)
  • 'Blue Bonnet'
  • 'Blue Wave'
  • 'Bluebird'
  • 'Endless Summer' (floração permanente)
  • 'Forever Pink'
  • 'Lilicana'
  • 'Nikko Blue'
  • 'Pia' (cultivar anão)
  • 'Sister Theresa'
  • 'Veitchii'


Uma tisana de hortênsia, designada por ama-cha no Japão, é confeccionada com folhas e pétalas de hortênsia, fermentadas e posteriormente secas, num processo de fabrico semelhante ao utilizado na produção do chá preto.

Nos Açores H. macrophilla é considerada uma espécie invasora, perigosa para a flora nativa. Nas montanhas podem-se observar de longe como que "muros" coloridos de hortênsias, o que impressiona os turistas pelo efeito.

No sul do Brasil, estado do Rio Grande do Sul, existe uma região denominada "Região das Hortênsias", caracterizada pelo ajardinamento de casas e rodovias com esta espécie. Gramado, cidade mais representativa desta região turística, tem a hortênsia como sua flor símbolo. Em função da altitude e do clima ameno, a hortênsia está extremamente difundida em Campos do Jordão
.