11 de julho de 2018

Miranda do Douro




No extremo nordeste do território continental, a vetusta cidade de Miranda do Douro encontra-se numa das zonas mais ricas do país em termos de avifauna nidificante. É um local privilegiado para a
observação de aves de rapina e de diversas espécies rupícolas. Esta riqueza, associada à beleza da paisagem, torna esta região “obrigatória” para qualquer ornitólogo.

Visita:

O centro histórico de Miranda alberga uma colónia de andorinhão-preto e é um local de ocorrência regular pousando sobre os edifícios. Junto às ruínas do castelo pode observar-se o pardal-francês e fora das muralhas os arbustos estão cheios de rouxinóis-comuns. Não muito longe da cidade pode ouvir-se o noitibó  da Europa, o noitibó-de-nuca-vermelha e o bufo-real.
Um pouco abaixo da cidade fica a barragem de Miranda, onde é possível observar o andorinhão-real, que nidifica nas arribas. Também se podem observar aqui a andorinha-das-rochas, o rabirruivo-preto e a gralha-de-nuca-cinzenta. Ocasionalmente aparece neste local a cegonha-preta.

18 de septiembre de 2018