31 de março de 2017

O meu chapéu




A MODA DO MEU CHAPÉU


Cantiga I:

Aldeia Nova de S. Bento,
Plantada no meio do trigo.
Teu cantar é um lamento,
Gosto de cantar contigo.

Moda:
Se passares à minha aldeia
Não vás de cabeça ao léu
Quando o sol mais almareia
Podes pôr o meu chapéu

Podes pôr o meu chapéu
A mais valiosa herança
Já foi de quem está no céu
E não me sai da lembrança

Quando nos faltar a voz
Há-de haver uma mão-cheia
A cantar por todos nós
Tenho cá na minha ideia

Tenho cá na minha ideia
Que o cante se ouve no céu
Se passares à minha aldeia
Não vás de cabeça ao léu

Cantiga II:
Quando eu ouço bem cantar,
Paro e tiro o meu chapéu.
Não se me dava morrer,

Respighi: Concerto Gregoriano

Ottorino Respighi