13 de março de 2017

Os vocalistas



Reza a lenda, que a Rocha dos namorados era o ponto de encontro de dois jovens apaixonados, cujas famílias se odiavam: O pai da jovem já desconfiado da existência dessa relação segui-a e perguntou-lhe o que estava ali a fazer, muito atrapalhada, a jovem disse-lhe que estava a lançar pedras à Rocha para saber quantos anos ainda teria de esperar para se casar. 
Convidou o seu pai a fazer o mesmo dado que este era viúvo. Para que o seu amado escapasse à ira do seu pai, a jovem disse-lhe que só daria resultado se ele se colocasse de costas para a Rocha e lançasse as pedras com a mão esquerda, logo a primeira pedra ficou no chapéu da Rocha.
Nesse mesmo ano o senhor casou com uma linda mulher, e a jovem continuou a namorar o jovem atrás da Rocha.
A Rocha foi então baptizada com dois nomes: Rocha dos namorados e Pedra do casar.
Manda a Tradição, que na Segunda-feira de Páscoa, dia em que a população sai para o campo comer o borrego, junto à Rocha dos namorados; as jovens solteiras devem ir à Rocha e de costas, lançar 3 pedras com a mão esquerda:

n se cair no “chapéu” a 1ª pedra é porque casa nesse ano.
n se cair a 2ª pedra, casa no ano seguinte.
n se cair a 3ª pedra casará dentro de 2 anos.
Se não cair nenhuma, terá de esperar pela próxima Segunda-feira de Páscoa.

OISEAUX-TEMPÊTE