28 de agosto de 2016

Nissan alerta para crescente preocupação dos europeus com qualidade do ar

Resultado de imagem para Nissan LEAF



Fabricante do automóvel 100% eléctrico mais vendido na Mundo, a Nissan divulgou dados que não só indicam crescentes níveis de poluição atmosférica nas capitais da Europa, mas também o despertar de um novo sentido de consciência para a saúde entre os cidadãos europeus.

Segundo estes mesmos dados, os clientes europeus estão mais atentos do que nunca aos problemas de saúde, procurando cada vez mais soluções que os ajudem a "limpar" o ar que os rodeia.

Pesquisas na Internet com o termo "melhor purificador de ar" subiram mais de 750 por cento no Reino Unido, com a pesquisa a atingir máximos em junho de 2016, o valor mais alto dos últimos dez anos, acrescenta o mesmo estudo.

De resto, também as pessoas estão curiosas sobre a qualidade de ar nas cidades e metrópoles onde vivem, com o termo "índice de qualidade do ar" a representar também um crescimento de 750 por cento e a frase "factos sobre a poluição atmosférica" a subir 350%. 

Para além da produção dos totalmente elétricos Nissan LEAF e e-NV200, a Nissan anunciou, entretanto, uma grande parceria com o fornecedor de energia Enel para experimentar na Europa a tecnologia de ligação do veículo à rede elétrica (V2G). Tecnologia essa que transformará os veículos elétricos em unidades energéticas móveis limpas, capazes tanto de remeter energia de volta à rede, como de a obter a partir dela.

A marca nipónica confirmou também planos de avançar para o mercado de armazenamento energético residencial, com o lançamento no final deste ano da sua unidade "xStorage" na Europa, em parceria com a empresa de gestão de energia Eaton. 

Este sistema, recorda o fabricante, irá não só conceder às baterias dos veículos elétricos Nissan uma "segunda vida" como também irá oferecer uma solução de armazenamento de energia totalmente integrada, capaz de voltar a colocar a gestão energética assim como a sua distribuição, nas mãos do consumidor.